Como faço para proteger meus filhos e animais de estimação da piscina?

Não adianta ter uma linda área de lazer e não se sentir confortável e seguro nela. Se você tem animais de estimação ou crianças pequenas no seu convívio, invista em grades de proteção.  Hoje em dia existem inúmeros modelos que não deixam de lado a beleza da piscina.

Mas como elas são feitas e o que realmente as fazem seguras?

Elas são barreiras físicas que podem ser moldadas conforme o tamanho e tipo de piscina. As travas entre os módulos não podem ser abertas por crianças, devido à força necessária. Ainda, a maioria das grades evita que as crianças subam nela, pois não existe nenhum tipo de apoio. Além disso, passar por baixo delas não é possível pela tensão e posição da borda inferior.

Se a preocupação for a estética, alguns modelos com vidros transparentes são ótimas escolhas, pois não atrapalham a visão da piscina e das crianças.

Outra grande dúvida é a resistência. Existem marcas que usam na confecção das grades, apenas alumínio, aço inoxidável e plásticos especiais.

Viu só como não tem desculpas não ter uma linda área de lazer em casa? Aproveite!

segurança1

Como funciona a filtração da água e para quê servem os drenos de superfície?

O sistema de filtração da piscina tem como principal objetivo limpar a água das impurezas, através da areia que está dentro do filtro, removendo sujeiras como cabelos, folhas, algas e outras impurezas que reduzem a ação dos produtos químicos.

Para manter o filtro em perfeitas condições, não descuide dos seguintes procedimentos:

Veja se o filtro da piscina está ligado tempo suficiente. Esse período geralmente é de, no mínimo, 6 horas diárias.

Não esqueça e seja consciente: O consumo de energia elétrica do sistema de filtração da piscina equivale a cerca de 5% do consumo mensal de um domicílio. Para evitar desperdícios, utilize um timer. Assim, não haverá necessidade de ligar e desligar o motor do filtro manualmente.

Já os drenos de superfície da Piso Atérmico são importantes aliados para evitar o desperdício na área externa da piscina,  já que estão em lugares específicos para escoar o excesso de água acumulada.  Este excesso pode vir das chuvas, da água que sai da piscina no momento do pulo ou com a movimentação de várias pessoas dentro dela e ainda, das piscinas com a borda infinita.

Aproveite as dicas e saiba que na Piso Atérmico você encontra a linha perfeita para a sua piscina.

20130312_165802

Como descobrir de vazamentos em piscinas de vinil

Piscinas com forro interno de vinil podem apresentar vazamentos, que podem ocasionar perda de água e comprometer a qualidade da água. E não é tão simples assim, identificar se existem rasgos e furos.

Trouxemos algumas informações que podem ajudar você a identificar se sua piscina esta com algum tipo de vazamento.

Verifique o filtro, pois ele pode estar sendo uns dos responsáveis pela perda de água. Com o filtro ligado verifique se as mangueiras têm algum tipo de rachadura. Confira também se as braçadeiras estão bem apertadas, pois a função delas é exatamente evitar vazamentos de água. Caso esteja tudo certo com o funcionamento do filtro e nada do que relatamos acima foi identificado, analise com cuidado o forro da piscina.

O primeiro passo, para avaliar o forro da piscina é fazendo o “teste do balde”, uns dos métodos mais comuns de identificar vazamentos. Toda piscina perde água naturalmente por conta da evaporação da água. O teste consiste no seguinte procedimento: pegue um balde, encha ele de água e com uma caneta (de preferência a prova d’agua) marque o nível da água e faça o mesmo na piscina. Deixe o balde ao lado da piscina de 24 às 48hs. Dentro do prazo máximo se você identificar que a água da piscina baixou de nível muito mais que o balde, significa que sua piscina esta com vazamento.

É mais difícil ainda encontrar os furos em piscinas mais antigas, pois podem ter vários pontos de vazamento, os furinhos são muito pequenos, como se fossem feitos por alfinetes, impossível de serem vistos. Então o jeito é procurar em toda piscina (lateral e fundo) os furos maiores.

images vinil

Use Piso Atérmico e evite choque térmico

Que tal fazer bem à saúde com uma mudança na sua piscina? Utilizar revestimentos atérmicos, como o Piso Atérmico na área de lazer da casa evita a mudança rápida da temperatura do corpo, na hora de sair da piscina. Esta mudança tão prejudicial para a vida das pessoas acontece principalmente em dia muito quentes, quando adultos e crianças que brincam em pisos comuns sob um sol forte e entram de uma só vez na piscina de água gelada.

É importante saber que o organismo leva um tempo para se adaptar à temperatura diferente da qual estava acostumado. E isso exige bastante esforço dos vasos sanguíneos e do coração. No calor, as veias estão dilatadas (mais largas), e no momento em que a temperatura diminui de repente, se tornam estreitinhas, dificultando a passagem de sangue. Isso aumenta a pressão sanguínea e o esforço que o coração tem de fazer para levar sangue ao corpo todo. É nessa hora que sentimos tontura e mal-estar.

Para evitar o choque térmico, use Piso Atérmico. Com este tipo de material, toda a família pode brincar e se divertir à vontade sem precisar se preocupar com os danos causados pelo choque térmico. De qualquer forma, o ideal é não mergulhar de uma vez. O mais correto é molhar aos poucos as partes do corpo e só entrar depois, quando sua temperatura do corpo baixar.

Untitled-1

Foto p anuncio

 

Na hora de limpar a piscina

Ao lidar com produtos químicos, use sempre  luvas e óculos de proteção;

Armazene os produtos em local arejado e longe de crianças e animais domésticos;

Sempre respeite as dosagens recomendadas pelos fabricantes;

Observe atentamente os ingredientes ativos do cloro usado, e das outras substâncias do tratamento químico da piscina. Apesar da semelhança aos olhos, cloro com ingredientes ativos dicloro ou tricloro não pode ser misturados ao cloro que tem hipoclorito de sódio ou cálcio – em hipótese nenhuma. Quando entram em contato, estas substâncias provocam explosão, e liberam gases tóxicos que podem provocar queimaduras. Cuidado tanto na piscina quanto na armazenagem;

Não deixe de tratar a piscina

É muito perigoso deixar a piscina sem tratamento por mais de um mês. A água torna-se um foco de doenças inclusive para quem não entrar nela: a dengue, por exemplo, é transmitida por um mosquito que se reproduz em águas paradas.

Nunca esvazie a piscina. Isso pode até comprometer sua estrutura. Se a operação for extremamente necessária, consulte o fabricante para fazê-lo de modo seguro.

Agora que você já leu todas as dicas, pode ir correndo aproveitar a estação mais quente do ano e deixar a sua pele bonita e saudável e sua piscina impecável.  Ter um espaço de lazer com piscina é diversão garantida para toda a família e amigos, além de ser uma das melhores coisas da vida.

Hidro 083

Como escolher a piscina ideal

Está pensando em colocar uma piscina em casa, porém não sabe qual o melhor tipo para o seu espaço de lazer? Classificamos várias informações para que você faça a melhor escolha. Nos dias de hoje, a piscina passou a ter papel importante na arquitetura de uma residência, deixando o espaço de lazer bonito e aconchegante.

PISCINAS EM FIBRA:  São piscinas pré fabricadas e os formatos e tamanhos variam de fabricante para fabricante. Tem prazo de execução rápido. A forma de instalação ideal, é ser feita uma base com malha de ferro, com concreto no mínimo de 8cm (varia de acordo com o solo). Normalmente, a piscina leva cerca de 15 dias para ser finalizada e o gasto estimado para uma piscina de 8 x 4 x 1,40 profundidade é de  R$ 18.000,00.

PISCINAS DE AZULEJO OU PASTILHAS: Este tipo de piscina tem um alto custo de execução. Existem duas formas  de colocação que são as  mais utilizadas. A Alvenaria Estrutural onde são feitas colunas e vigas intercaladas com tijolos comuns, e o Concreto Armado onde é feita uma fôrma com o formato da piscina, e é produzida uma ferragem dupla, do fundo (base) até as paredes,  concretado rapidamente. Para não ter emendas é necessária impermeabilização e teste do tanque com água antes do revestimento. O tempo de execução 60 à 90 dias, uma piscina de 8x 4 x 1,40m profundidade e custa em média R$ 38.400,00.

PISCINAS EM VINIL: Este tipo de piscina vem ganhando mais no mercado devido sua execução ser mais simples. Sua estrutura é feita com colunas armadas a cada 1,50m, blocos cerâmicos e três cintas de caneletas. Não é necessário impermeabilizante e tem a vantagem de ser criado um projeto de acordo com o gosto do cliente, já que existe inúmeras estampas. O tempo para construção é de 25 a 40 dias, e o custo de uma piscina de 8 x 4 x 1,40m profundidade é de cerca de R$ 13.500,00.

Então, depois destes três modelos qual a opção de piscina que mais se enquadra ao seu espaço e ao seu bolso? O mais importante é que independente do tipo de piscina, os produtos do Piso Atérmico podem ser instalados em qualquer um destes modelos. Aproveite e mergulhe de cabeça em um projeto de lazer como estes.

images vinil

 

SONY DSC noronha 018

Como limpar a sua piscina

Chegou a hora de não perder tempo e aproveitar ao máximo a piscina de casa. Mas ninguém merece chegar pronto para o mergulho e receber a piscina fora das condições de uso. Então, para fazer a manutenção da sua piscina de uma maneira eficaz e rápida, é só seguir os cinco passos abaixo:

 

1º – Limpar a área externa

Não tem sentido limpar toda a piscina e deixar de lado o seu entorno. Do contrário, o resultado é a sujeira que está no deck vai acabar na piscina, colocando fora as várias horas de trabalho. No caso dos revestimentos cimentícios como o Piso Atérmico, há produtos específicos para a sua limpeza e manutenção. Consulte aqui.

 

2º – Esvaziar o depósito do skimmer

É comum que este depósito fique esquecido, fazendo com que o sistema de filtragem seja comprometido. Comece esvaziando e limpando, já que para a fase de aspiração irá necessitar da máxima potência e eficácia que puder.

3º – Limpar a superfície

Só agora comece a limpeza da piscina. Inicie pela superfície da água. Utilizando uma rede, remova as folhas e outras substâncias flutuantes. Se a sua rede tiver um revestimento de borracha, pode também raspá-la nos azulejos da linha de água, este movimento ajuda a limpar as impurezas das bordas.

4º – Azulejos e fibra

Passe então à limpeza dos azulejos ou da fibra, dependendo do tipo de material da sua piscina. Aplique o sabão diretamente na escova apropriada e esfregue bem, fazendo com que a sujeira excessiva se solte para o fundo da piscina, que irá ser limpo no quinto passo. Caso se depare com uma área muito suja, você pode utilizar uma pedra-pomes, porém com cuidado para não danificar a piscina.

5º – Aspiração

O último passo é a aspiração. Você vai precisar da potência máxima, por isso certifique-se que tudo está funcionando direitinho. O skimmer principal deverá ser a única fonte de sucção, e portanto, tape ou desligue (se possível) o cano principal no fundo da piscina. Supondo que você utilize um aparelho manual, comece encaixando a mangueira no aspirador e mergulhe dentro da água antes de conectar a outra ponta ao skimmer. É importante que a mangueira esteja totalmente cheia de água quando iniciar o processo. Ligue-a então ao skimmer e aspire lentamente o fundo da piscina (é o mesmo movimento do que aspirar um tapete em casa). Dê especial atenção aos cantos, onde frequentemente se acumula mais sujeira. No final, retire o aspirador da água e deixe que o skimmer esvazie a mangueira. A piscina voltará então ao seu funcionamento normal.

 

É comum ficar alguma sujeira retida na própria mangueira, por isso deverá ter cuidado ao removê-la para que ela não volte à piscina.

Depois de todo este processo a sua piscina esta pronta para o mergulho! Aproveite e divirta-se com toda a família e amigos!

 

Como limpar piscina copy

Deck molhado

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Você já ouviu falar em deck molhado? Talvez você não esteja familiarizado com o nome, mas com certeza já viu em algum lugar, seja ao vivo ou por foto e, com certeza já desejou estar ali.

Bom, vamos à explicação: o deck molhado é uma área rasa dentro de uma piscina geralmente próxima a uma das bordas, onde geralmente são colocadas as espreguiçadeiras para poder desfrutar do sol e ao mesmo tempo ter a água ao alcance das mãos. É uma tendência que deixou de ser encontrada somente nas piscinas de hotéis e condomínios de luxo tornando-se cada vez mais comum nas residências.

O uso de pisos atérmicos em deck molhado é totalmente possível. O assentamento se faz da mesma forma do piso da área externa, deve se apenas respeitar o tempo de secagem antes de encher a piscina.

Os produtos da Piso Atérmico se tornam uma ótima opção para os decks molhados. Além de combinarem com a borda da piscina, eles não são escorregadios, permitindo que se ande tranquilamente pela piscina sem riscos de escorregar.