Exercícios na piscina com boia espaguete fortalecem a musculatura

Aproveite os dias de calor na piscina para aliar diversão e exercícios físicos. Você só vai precisar de disposição e daquelas boias tipo espaguete para começar.

Os exercícios feitos com espaguetes, em que os pés fiquem no chão e sem boiar, costumam combinar movimentos com os braços e pernas, pois o aproveitamento é maior e não exige condicionamento físico muito elevado. Isto significa que até mesmo aqueles que não praticam exercícios com frequência podem fazer.

Os movimentos com os braços trabalham a musculatura superior do nosso corpo, que são os braços, ombros, costas e peitoral. Enquanto as mãos seguram o espaguete e fazem os movimentos, as pernas também devem trabalhar.  Movimentos bem feitos com as pernas trabalham os músculos da coxa, glúteos e abdômen, e devem ser feitos sempre alternando as pernas.

Depois de se exercitar com a boia espaguete é hora de relaxar! Deite a cabeça no espaguete e aproveite para descansar a musculatura.

atividades com boia espaguete

Piscinas retas garantem a elegância do projeto

Ter uma piscina em um formato reto é um clássico, já que não exige tanto planejamento e o espaço do terreno pode ser bem aproveitado. Mas isto não significa que elas deixam de ser elegantes. O que pode deixá-las diferenciadas são os detalhes e o conforto que ela vai transmitir para os seus usuários. O segredo está em apostar em pisos atérmicos, que garantem beleza ao projeto e ao mesmo tempo é antiderrapante e não esquenta. Além disso, uma boa opção para deixar a piscina ainda mais atraente é investir em pastilhas com tonalidades em azul forte e claro. Se a ideia é deixá-la mais sofisticada, o ideal é utilizar em toda a lateral, pastilhas ou materiais na cor branca.

Então, aprovaram este formato de piscina?!

Piso Atérmico 2

Tirando dúvidas: por que o piso atérmico é antiderrapante e não esquenta?

Que eles são uma ótima opção para o entorno da piscina e para áreas internas e externas, todo mundo sabe, mas por que este piso carrega tantas qualidades?

Um destes destaques está em não esquentar com o sol, isto só funciona, pois o piso é produzido com cimento e uma série de minerais refratários, fazendo com que o calor do sol não penetre na “pedra”.

Já a função antiderrapante vem do piso possui furos na superfície, eles funcionam como ventosas aumentando a aderência da pele ao piso. Assim você pode caminhar de pés descalços sem medo de cair e as crianças podem brincar na volta da piscina à vontade.

Além destes benefícios, a linha atérmica do Piso Atérmico é fácil de limpar, diferente de muitas pedras naturais. A variedade de cores e formatos também é das qualidades do piso, fazendo com que ele se adéque ao gosto do cliente.

Piso atérmico

Piscinas feitas do jeito que você sempre sonhou

As piscinas podem ter as mais variadas formas. Basta indicar qual o desenho que pretende que o sonho torna-se realidade.

Ela pode ser construída em forma de guitarra, cascata ou dos mais variados desenhos.  Atualmente, este tipo de piscina, fora do convencional vem fazendo o maior sucesso em residências e hotéis de luxo.  Ter uma piscina completamente original e de acordo com o seu gosto é a certeza de que aproveitará cada segundo na área de lazer.

Além do desenho da piscina, é necessário encontrar materiais que a deixem com o mesmo conforto que uma piscina tradicional tem, e a única empresa no Brasil que faz diferentes formatos de piso e bordas que não esquentam expostos ao sol é a Piso Atérmico. A fábrica consegue moldar os pisos e as bordas de piscinas de acordo com o projeto, deixando ele autêntico e confortável.

Depois desta dica, é possível construir a sua piscina de acordo com o seu desejo sem deixar de ter comodidade e beleza na sua área de lazer!

naom_53d79eda1ca58

DSC02661

Qual o melhor local para fazer a piscina?

Depois de ver o orçamento e os detalhes de qual tipo de piscina escolher para a casa, é preciso saber qual é o melhor lugar da residência para ela seja instalada. A escolha do ponto é muito importante, pois facilita a instalação, a circulação e a limpeza do espaço. Separamos alguns itens que podem ajudar você a não ter dor de cabeça.

O primeiro item a ser analisado é localização em relação à luz solar, pois exposta à luz direta do sol e ao abrigo do vento proporcionam mais momentos de lazer. O lado onde o sol se põe é o melhor, estrategicamente, mas se não souber onde há esta opção ou não tiver disponível este lado do terreno, opte por um local onde o sol bata na parte da tarde durante um bom período para garantir maior tempo de diversão para toda a família.

Outro item que deve ser avaliado no momento da escolha do local da piscina é a presença de árvores perto, isto aumenta significativamente a manutenção da piscina, já que as folhas vão cair sobre as águas.

É importante saber que durante esta escolha de lugar ideal, terrenos fechados por muros ou cercas ajudam a evitar o vento excessivo e também garantem mais segurança e privacidade.  Se o local for aberto, considere a possibilidade de deixá-lo mais reservado.

Para a sua segurança, o tanque da piscina deve ficar pelo menos 1,50 metros de distância de qualquer outra propriedade vizinha. Da mesma forma, caso queira uma piscina coberta, construa em locais isolados para que o vapor da água não invada as dependências de sua casa e ocasione alguns transtornos de umidade excessiva. A temperatura deve estar 5º C acima da temperatura da água para reduzir a condensação e o local deve ser ventilado.

Depois destas dicas é mais fácil escolher o melhor local para fazer uma piscina e garantir que os momentos de lazer de sua família sejam maiores.

4 (2)

Piscinas de vidro, beleza sem limites

As piscinas de vidro vêm ganhando espaço em residências, hotéis, spas e apartamentos. Além de incrementarem na beleza da área de lazer, também são piscinas fáceis de serem instaladas e que podem ser compostas por pisos atérmicos em sua volta, garantindo o conforto de todos que forem usufruir do espaço.

Elas são feitas com uma estrutura de chapas de vidro bem reforçada, bem semelhante aos vidros de carros blindados, já que devem suportar uma pressão elevada. Para isto é levado em conta o comprimento da piscina e as pessoas que forem utilizá-la.

Não é necessário fazer toda a piscina com vidro, podem ser feitas algumas laterais de vidro, conforme o projeto escolhido durante sua elaboração. Já sua estrutura é feita de forma semelhante às piscinas convencionais, com bases de concreto, impermeabilização, drenagem e estruturas apropriadas para sua colocação em cada ambiente.

Viram, nem é complicado de instalar uma piscina de vidro e o visual que ela carrega é incrível, não é?

piscina de vidro

Por onde começo a construção da minha piscina?

É inverno, e muitas pessoas aproveitam esta época do ano para fazer a construção da piscina de casa, até porque em regiões como o sul e o sudeste do Brasil o inverno não têm muita chuva, o que facilita a obra. Para ajudar você, separamos o passo a passo de como a piscina é construída, confira:

Como a piscina é estruturada?

Existem diferentes sistemas, mas os mais comuns no Brasil são os de alvenaria estrutural, concreto armado, e os pré-moldados, como as piscinas de fibra de vidro.

É importante entender que, seja qual for o sistema adotado, uma piscina é uma construção, assim como um cômodo da sua casa. O fato de estar enterrada não facilita a construção, mas, sim, complica, porque vazia a piscina tem que suportar a pressão da terra ao redor, como uma espécie de subsolo raso.

Impermeabilização da piscina

No caso das piscinas de fibra de vidro, elas já vêm impermeabilizadas, ou seja, a água de dentro da piscina só vazará se houver algum furo no tanque, ou vice versa (dependendo da situação, pode acontecer de a água do solo penetrar no tanque).

Já as piscinas construídas (não importa se de concreto, de alvenaria armada ou de outros sistemas menos utilizados), devem ser impermeabilizadas. Essa impermeabilização é similar à de uma laje de cobertura. Uma impermeabilização bem feita proporciona uma vida longa para sua piscina, e evita vazamentos e problemas futuros.

Revestimentos

Existem diversas opções de revestimentos para piscinas. No caso das piscinas pré-moldadas, a própria fibra de vidro do tanque já cumpre esse papel. Mas a piscina pode ser revestida com pedras, azulejos, pastilhas cerâmicas (esmaltadas ou não), tesselas de vidro, mosaico, e uma série de outros acabamentos.

Filtragem

Seja qual for o tipo de construção, as piscinas precisam ter um sistema de filtragem, e eles são todos muito similares. Existem, é claro, diversos fabricantes e produtos diferentes, mas o sistema é sempre parecido.

A piscina deve ter um ralo de fundo e um sistema que mantenha a água circulando. Para isso é necessário uma bomba de água e um sistema de filtragem (os mais comuns são os filtros de areia, mas existem variações).

Ao planejar sua piscina, tenha em mente o sistema construtivo, os revestimentos e a área do entorno, como o piso, o paisagismo e se ela vai pegar bastante sol. No caso das piscinas de fibra de vidro, pesquise muito antes de decidir. Já para as piscinas construídas, vale muito a pena discutir bastante o projeto, considerar profundidades diferentes, apoios, decks molhados e até espaços para hidromassagem. Faça um bom projeto, ainda dá tempo e aproveite o verão descansado!

Balneário 01 DSC02661

Composição de cores com Piso Atérmico

Quem disse que para ter conforto e um produto de qualidade é necessário ter que ficar limitado a uma cor ou modelo? No caso do Piso Atérmico não. Neste projeto, a residência de Novo Hamburgo no Rio Grande do Sul recebeu o piso atérmico nas cores Travertino e Marrom Escuro. A ideia do arquiteto responsável pela obra era criar um design na área de lazer da casa e ainda contribuir para o conforto de toda a família. Em torno da piscina uma única cor foi mantida para dar leveza e requinte, já que o piso atérmico branco com o contraste da piscina azul carrega beleza e suavidade. Viram como é possível criar diversos layouts com o seu piso atérmico sem perder os benefícios que ele carrega?

SONY DSC

Piscina de água salgada, você teria?

Está cada vez mais comum e a tendência é que surjam mais piscinas de água salgada como alternativa às tradicionais piscinas de cloro. Ambas têm vantagens e desvantagens, por isso, separamos algumas curiosidades que pode ser útil na hora de se decidir:

 Vantagens

Menos químicos: uma das grandes vantagens das piscinas de água salgada é a redução no uso regular de químicos tóxicos, o que para além de excluir o cheiro do cloro, faz da piscina de água salgada uma alternativa muito amiga do ambiente.

Menos manutenção: uma piscina de água salgada requer muito menos manutenção do que uma piscina de cloro uma vez que estas têm um funcionamento de auto limpeza que não requer uma atenção constante. O gerador de cloro encarrega-se de converter o sal numa espécie de cloro que assegura a higiene da piscina, evitando ainda a formação de algas.

Custo: embora o investimento inicial de uma piscina de água salgada possa ser mais elevado quando comparado com uma piscina tradicional, esse é um investimento que trará retorno a médio-longo prazo, devido aos seus custos baixos de manutenção. Estima-se que custa, em média, menos 50% manter uma piscina de água salgada em relação a uma piscina de cloro.

Bem-estar: nadar numa piscina de água salgada é uma experiência muito agradável, uma vez que o sal é mais suave na pele do que o cloro. Para além disso, uma piscina de água salgada não provoca sintomas como olhos vermelhos, pele irritada/com comichão e cabelo danificado/descolorado, típicos das piscinas com cloro.

Saúde: é sabido que as piscinas de cloro criam organoclorados que, espelhando as hormônios humanas, podem contribuir para a infertilidade, para perturbações no sistema imunitário e a formação de alguns tipos de tumores, para além de serem prejudiciais para quem sofre de asma ou enfisema. Com uma piscina de água salgada, não existe a formação de organoclorados.piscina2

Desvantagens

Funcionamento: uma das desvantagens das piscinas de água salgada está relacionada com o seu modo de funcionamento, ou seja, para que o seu sistema opere sempre a 100%, a bomba tem de estar constantemente a trabalhar, o que vai, naturalmente, aumentar os custos energéticos.

Incrustações: um sistema de piscina à base de sal vai atrair muito mais cálcio às suas placas de titânio antes de este ser reintroduzido na água – o excesso de cálcio irá contribuir para a formação de depósitos do mesmo na superfície da piscina. Este problema é bastante comum nas piscinas de água salgada e requer uma maior limpeza, até para evitar a corrosão da piscina.

Corrosão: um dos maiores problemas, e consequente desvantagem das piscinas de água salgada, é a corrosão. O sal é uma substância por si só bastante corrosiva, podendo facilmente deteriorar as áreas em metal da piscina e a sua superfície, assim como o mobiliário de exterior. Além disso, se a piscina for aquecida, o sal pode gerar cloro em excesso e dissolver o aquecedor em poucos dias.

Custo: embora sejam mais econômicas em termos de manutenção, as piscinas de água salgada são mais caras do que as piscinas de cloro, requerendo um investimento inicial mais avultado. Além disso, o equipamento e as peças de substituição para uma piscina de água salgada também são tradicionalmente mais caras.

Eai, qual a sua opinião sobre aderir a uma piscina de água salgada?

Piscinas contemporâneas

Piscinas e áreas de lazer são as grandes estrelas de um projeto contemporâneo. Anteriormente, esses espaços eram construídos com certa distância da casa. Hoje, já é possível ver projetos que são integrados ao imóvel e facilitam a circulação e o uso de todos os ambientes.

Principalmente nos finais de semana, a piscina é a área mais frequentada da casa. É por isso que os projetos arquitetônicos contemplam essa estrutura. Para tornar o ambiente ainda mais agradável e bonito são construídos saunas, espaço gourmet, spa, sala de ginástica, prainha, bar aquático, queda d’água e chuveiro para o espaço se destacar ainda mais.

JM 010

As prainhas tem dupla função: podem ser espreguiçadeiras para quem gosta de tomar sol e se refrescar ao mesmo tempo. Para esta ocasião, o piso mais indicado para ser colocado em volta da piscina é o atérmico, já que a pessoa pode fazer as duas funções sem sentir desconfortos por causa do calor e a luz sol.

Balneário 02